Nhoque da Fartura – Todo dia 29

20120229-104106.jpg

“Em tempos remotos, certo dia 29 na Itália, um andarilho faminto bateu na porta de um casebre na expectativa de um prato de comida. A família era grande e tinha pouca comida, mas apesar disso eles não se importaram em dividir o seu nhoque com o andarilho, São Genaro. Repartiram então a abençoada refeição, cabendo sete pedacinhos a cada um.
Após saborear o delicioso nhoque, São Genaro satisfeito, agradeceu e partiu. Quando foram recolher os pratos descobriram que em baixo de cada um havia notas de dinheiro.”

Por isso, tradicionalmente, todo dia 29 é dia do nhoque da fartura, acompanhado do famoso ritual de colocar dinheiro embaixo do prato e comer primeiro os sete pedacinhos em pé, para depois comer a vontade.

Para quem gosta de cozinhar segue dois lugares que indico onde podemos comprar o nhoque pré-pronto e o molho também, aqui em Florianópolis:

– Magazine de Massas – CENTRO

– Mercatelli Massas Especias – SANTA MÔNICA

E já para quem gosta de sair para comer, algo mais prático, eu indico a Macarronada Italiana. O Nhoque lá é divino!

O Café da Corte também tem nhoque no cardápio!

Ah, a mesma nota que você colocar embaixo do prato, você só poderá gastá-la um mês depois!

Beijo beijo!

Anúncios

Elas vestem Pera

Oiii!!

Hoje mais que especial o Elas vestem Pera é com a Patricia Jucá, sócia na Patjullie e do Netestilo!

A Paty é linda, querida, estilosa e conheço ela há algum tempo já. Somos viizinhas desde sempre e estudávamos no mesmo colégio!

20120228-194552.jpg

**Camisa Pera

As fotos foram feitas na sessão de fotos do Netestilo blog!!! O resultado final você pode conferir clicando aqui!

Gostaram!??

Beijos!!

Café da Corte

Oiii!!

Tudo bem?? Hoje vou dar a dica de um bar localizado no centro histórico de São José.

Já faz um tempo que estava querendo conhecer e nunca tive a oportunidade. Nessa última sexta-feira decidirmos ir. O lugar é lindo de morrer, várias bebidinhas e comidinhas. O som é ótimo e a vista… Ahh a vista é linda demais.

Peguei as fotos no site do café, onde também é possível encontrar a história.

Ahh decidindo ir, é importante reservar mesa.

Beijos!

Por Juliana Baron: ♥ Receitinha 5

♥ Receitinha 5

Novidade no blog: A Ju será a nossa parceira, estou abrindo meu espaço para ela escrever e falar do que ela estiver a fim! Se preparem, porque está para nascer alguém que escreva tão bem! Seja bem vinda Juca 😉

A Ju também tem um blog… Vale a pena conferir! Beijos!

Eu conheci a Tata há muitos anos atrás, quando o seu apelido ainda era Pipoca….haha. E como temos o mesmo signo e ascendente logo nos identificamos. Somos românticas, gostamos de boa música, de moda, decoração, gostamos de comer, nossa criatividade precisa transbordar caso contrário nos sentimos insatisfeitas. Todas essas características só afirmam o sucesso das roupas da Pera. Apesar de a Tata estar trabalhando numa grande empresa, precisou colocar suas ideias pra fora através das suas modelagens.

Além de cliente, sou fã da Thayse e de toda sua família. Por isso vim aqui participar do blog, dividindo com vocês um pouco das minhas experiências na cozinha e em outras áreas. Afinal, nós cancerianas gostamos de comer mas também gostamos do belo, então estamos sempre antenadas em todos os meios das artes.

A dica de hoje é um delicioso e fofíssimo bolo integral de banana pra quem quer desintoxicar um pouco dos excessos cometidos durante e carnaval. Mas que também serve pros que preferiram fugir a agitar como eu. Acho legal mandar no lanche das crianças ou num potinho pra aquele lanche no trabalho, no meio da tarde.

Eu peguei essa receita de um blog de nutrição funcional e sempre que eu faço é um sucesso. Não é uma receita necessariamente light por ser integral mas é super saudável e dá pra repetir sem culpa! Além do que, cheirinho de bolo no ar torna o ambiente bem aconchegante e com cara de lar. O que nós cancerianas amamos..haha.

Só umas observações válidas antes da receita em si. Sempre que tem farinha, açúcar, eu sempre passo eles por uma peneira pra não correr o perigo de embolotar. Aqui eu passei a farinha integral, a farinha de aveia e o fermento. O açúcar demerara é muito grosso então não passa.

E eu também uso os chamados medidores padrão que compra em qualquer lugar, inclusive da Millium. O meu da foto eu comprei no Shopping Kilar. Nem sempre as xícaras que temos em casa são de tamanhos iguais, é difícil medir ½ xícara ou 1/3 de xícara. O mesmo acontece com as colheres.

Ah e já podem pré aquecer o forno a 180 graus mesmo antes de começar a separar os ingredientes.

Os ingredientes:

– 1 xícara de chá de farinha integral;

– 1 xícara de chá de farinha de aveia;

– 1 xícara de chá de açúcar orgânico – eu uso o Demerara da União;

– 3 ovos orgânicos – uso os da casa da minha sogra mas como é difícil de conseguir podem usar os normais mesmo.

– ½ xícara de óleo de girassol – eu uso o da Mazola que é um pouco mais caro mas é 100% puro.

– 1 pote de iogurte desnatado;

– 4 bananas nanicas – 1 põe na massa do bolo e o resto fatiado em cima.

– 1 colher de sopa de fermento – não esqueçam de fazer aquele teste de jogar na água e ver se fermente.

– canela a gosto.

Modo de fazer:

Coloquem todos os ingredientes no liquidificador, menos o fermento. Procurem alternar ingredientes secos e molhados pra ficar melhor de bater. Com uma espátula retirem a farinha que se acumula dentro do pote.

Batam até virar uma massa homogênea. Acrescentem o fermento e deem  uma última batida. Daí é só despejar numa forma untada com manteiga e farinha de trigo. Por cima piquem as 3 bananas e salpiquem a canela em pó.  Como eu adoro canela, coloco bastante.

O bolo deve ficar pronto uns 40 minutos depois ou até o palito sair limpo do meio ou quando o já estiver dourado. Quando ficar pronto, desliguem o forno e deixem o bolo esfriar um pouco lá dentro. Depois passem uma faca nas laterais e quando o bolo já estiver esfriado virem num prato. Aqui vai mais uma dica. Se o bolo desmontar na hora da virada, pegue as partes mais inteiras e corte em fatias. Aí é só colocar num prato bonito e está pronto, ninguém percebe!

Espero que tenham gostado e que tentem em casa!

Deixo mais duas dicas. Uma de música pra escutar enquanto se faz o bolo. O último CD da Mallu Magalhães, Pitanga, que acalma e dá vontade de cantarolar o dia inteiro. E os dois livros da Rita Lobo (foto) que tratam de culinária de uma forma fácil e gostosa!

Bom final de semana.

Beijos, Juliana.